O meu Deus me vê.
  • Olá amigos!

    Olha eu aqui batendo um recorde…dessa vez não demorei um ano pra postar novamente.

    Na verdade, eu vim aqui para compartilhar com vocês o que aconteceu comigo. Eu sofri um acidente. Bati de bike contra um carro. Antes de falar desse momento…vou voltar algumas casas para explicar o porque isso não foi uma coisa inesperada ou casual.

    Como vocês devem ter percebido pelo meu ultimo post, as coisas aqui não andavam muito bem. Estou passando por um tempo difícil e meu nível de alegria e esperança estavam bem baixos. Esse acidente poderia vir para ser a gota d’água…mas só veio para me fortalecer.

    No dia do acidente, pela manhã, uma grande amiga minha que mora no Brasil me mandou uma mensagem dizendo para eu me cuidar. Achei a mensagem estranha e perguntei a ela se teve algum sonho ou algo assim. Deus já usou pessoas e sonhos tempos atrás para me livrar de coisas ruins, por isso perguntei. Ela me disse que não teve nenhum sonho, mas que como eu estava morando aqui sozinha, que era para eu me cuidar. Ela me deu alguns conselhos, e eu achei engraçado que ela estivesse me dizendo isso, após eu já estar aqui há 4 anos! Mas eu prometi me cuidar.

    Saí do trabalho, passei em casa rapidamente e fui para o mercado fazer as compras da semana. Eu estava com a semana cheia, com previsão de receber visitas e fui pega por uma noticia inesperada… que acabou me deixando bastante angustiada. Eu pensei “vou terminar essas compras e vou para casa orar, pra Deus tirar esse sentimento ruim”. E foi no caminho de volta, por onde eu já passei zilhoes de vezes, que aconteceu o acidente. Eu estava na ciclovia, e tinha que atravessar a rua. Mas havia um carro grande estacionado que não me dava visibilidade.

    Quando coloquei a bike pra fora, o carro que vinha pela rua me pegou (pelo menos é assim que lembro…eu não lembro mais de tudo). Ele arrastou minha bike por alguns metros e parou. O incrível disso é que, apesar de eu estar em cima da bike, ela foi e eu fiquei. Não sei explicar ao certo como isso ocorreu. Bati meu joelho esquerdo contra o carro e tive mais algumas escoriações leves nas pernas e no cotovelo direito. O motorista parou para prestar socorro e me dar bronca (como se eu tivesse me atirado de proposito, por acaso!).  Várias pessoas vieram me ajudar. Um velhinho estrangeiro, com uma daquelas batas pretas longas, veio com água e jogou no meu cotovelo ferido…um fofo. Eu fiquei meio perdida na hora e não estava raciocinando muito bem. Eu sei que tentei ligar para pessoas que talvez pudessem me socorrer nesse momento, e não tive sucesso. Eles chamaram a policia, e como eu não entendo nada das leis desse pais, queria alguém do meu lado para me orientar do que fazer. Enfim, não consegui ninguém pra vir…então fiquei lá no chão…chorei. Me senti longe de casa, sem ninguém. Mas isso só durou um breve momento. “Do nada” (leia-se, guiada por Deus), uma amiga que conheci há pouco tempo, passou pelo local e me viu! Mesmo eu estando no chão, ela me viu. Ela parou, me abraçou e ficou ali comigo. Ela fez tudo para me ajudar, buscou gelo para o meu joelho, falou com o motorista sobre a questão do carro, etc (que eu teria que pagar, pois não tenho seguro pra isso), e me levou pro hospital. Ela foi um anjo que Deus colocou no meu caminho quando eu mais precisava. Eu não sei o que teria sido de mim se eu tivesse que passar por mais essa situação, sem ter alguém do meu lado. Teria sido demais para mim. Ela me levou de carro para o hospital, me ajudou a andar, e ficou comigo o tempo todo. Comprou comida para mim, me deu remédio, me trouxe em casa e orou comigo. Eu não posso expressar o tamanho da minha gratidão a Deus pela vida dessa pessoa. Ela não poderia ter feito maior diferença na minha vida.

    Agora você se pergunta: como isso tudo poderia me fortalecer? Cara…Deus falou comigo no meio disso tudo. Primeiro pela mensagem da minha amiga me alertando pela manhã. Depois pelo fato de, numa cidade grande como Munique, que você raramente encontra um conhecido na rua, bem no momento que eu mais precisei, Deus mandou a pessoa certa pra me socorrer. O que Deus falou comigo com tudo isso é que ELE ME VÊ!! Parece meio banal, porque é uma coisa que nós todos teoricamente sabemos. Mas sabe quando sua fé se torna palpável?? Eu podia tocar nessa verdade: O meu Deus me vê! E isso significa que Ele sabe muito bem pelo o que eu estou passando neste momento, todas as dificuldades, as necessidades, tudo. Também essa convicção de que, apesar das coisas não estarem indo super bem, Ele continua no controle. Tem coisas ruins que  irão acontecer. Jesus nunca prometeu que a vida seria fácil, Ele mesmo disse que passaríamos por provações, mas que tivéssemos bom ânimo! Então pra mim, saber que estou passando por vários estresses, mas que mesmo assim estou no centro da vontade Dele, e que Ele me vâ, significa também que Ele continua no controle da minha vida e vai levar tudo para um bom final feliz!  Não estou sofrendo nada por acaso. Ele vai me levar para um fim bom com cada uma dessas coisas.

    Depois de ter entendido tudo isso, minha oração era pra duas coisas: uma, pro meu joelho ficar bom logo, porque eu quero voltar a praticar esportes (tenho que ficar 1 semana de repouso em casa e no mínimo duas sem esportes), e de que o valor do conserto do carro do cara não fosse tão alto, porque eu terei que pagar sozinha. Conserto de carro nesse país é uma coisa “sem noção de cara”.

    Pois bem, quanto ao joelho ainda não tenho noticias, mas tenho esperança que logo estarei pulando por aí novamente. E quanto ao valor do conserto, hoje o motorista me ligou, foi bem gente boa comigo (no dia do acidente, depois do estresse, ele também foi legal comigo), e me disse que o conserto ficará em 250 Euros! Glorias a Deus! Eu estava pedindo ao Senhor que o valor não passasse de 500, mas sabia que poderia chegar a mais de 1000. E realmente. O dono do carro disse que o valor numa oficina normal chegaria a mais de 1000 euros mas que ele tinha um amigo que iria consertar pra ele e por isso ficaria só 250! Deus é muito bom. E já posso dizer que Deus já proveu esse valor! Jesus é lindo.

    Então essa é a história de uma pessoa que saiu de um acidente de trânsito melhor do que estava antes. Apesar do meu corpo estar meio quebrado neste momento, minha alma está renovada! Eu estou aqui sorrindo enquanto eu escrevo isso. As situações difíceis, que eu falei no começo deste texto, não mudaram nem uma virgula, mas meu coração mudou, porque O MEU DEUS ME VE.

    E se Ele me vê, Ele certamente vê você também. Então, não desanima!!! Olha para Ele, porque Ele está olhando pra você.

    Leia Genesis 16:13 que comprova tudo isso.  Eu tenho mais uma coisa massa para compartilhar, mas vou fazer em outra oportunidade.  Obrigada pelo amor e pelas orações! E obrigada por cada recadinho que vocês me deixam nos posts. Me deixam muito feliz saber que vocês estão comigo nessa.

    Um beijo, com esperança,

    Ná.

    Nadege

    A Nadege (à direita da foto) é uma discípula brasileira que mora na Alemanha, onde tem servido ao Senhor para a expansão do seu Reino, lá na Europa. Seus pais moram em Florianópolis. Ná, como gosta de ser chamada, é manezinha de coração, mas ouvindo um chamado do Senhor, mudou-se para aquele país. Tem vivido experiências lindas e sobrenaturais com Deus.

     


    12 junho 2017 | CAC | Nenhum Comentário |

Sobre o Autor

CAC

Comments are closed.